• Bernardo Marchiori

Homenagens, invasão e show de Messi: a rodada de volta da La Liga

Nos mesmos moldes da Bundesliga, a Liga das Estrelas retomou as atividades a partir da rodada 28, onde tinha parado.



A última quinta-feira (11/06) ficou marcada pelo retorno de mais uma das cinco principais ligas europeias: a La Liga. Com um formato programado para encerrar o campeonato no dia 19 de julho e com todos os devidos protocolos para a segurança de todos os envolvidos, a Liga das Estrelas se organiza para ter jogos todos os dias, possibilitando o cumprimento do prazo estipulado para o fim da temporada. Para isso, a nova regra que autoriza cinco substituições por time será essencial, levando em conta o tempo de descanso necessário para as equipes. A retomada das atividades do campeonato espanhol deu início à 28ª rodada, que contou não só com dérbis, gols brasileiros e vitórias dos concorrentes ao título, mas também com invasão e homenagens.


No primeiro jogo pós-quarentena, o Sevilla recebeu o Real Betis, no Ramón Sánchez Pizjuán, e protagonizaram o Dérbi da Andaluzia. A equipe da casa venceu por 2x0 com grande atuação do argentino Lucas Ocampos, que abriu o placar, de pênalti, e deu bela assistência para o o gol de cabeça do brasileiro Fernando, além de mandar uma bola na trave ainda no 1º tempo. As atuações dos brasileiros Diego Carlos, zagueiro do Sevilla, e Emerson, lateral-direito do Betis, renderam elogios e provaram que a temporada de ambos permanece da maneira que parou: de alto nível e demonstrando que Tite deve ficar de olho nos dois para as próximas convocações. No outro dérbi da rodada, o Levante visitou o Mestalla para enfrentar o Valencia em um jogo muito parelho. Nenhum dos times teve muitas chances, mas aos 29 minutos do 2º tempo o atacante da equipe visitante, Roger Martí, recebeu o segundo amarelo e deixou seu time com um jogador a menos. 15 minutos depois, os anfitriões conseguiram tirar o zero do placar com Rodrigo Moreno; o atacante brasileiro e naturalizado espanhol recebeu cruzamento rasteiro do lateral-esquerdo José Gayà e empurrou pro gol, abrindo o placar. Embora parecesse que o Valencia tinha garantido a vitória, por ter passado à frente aos 44 do 2º tempo e ter um jogador a mais, o Levante conseguiu um pênalti nos acréscimos da partida e Gonzalo Melero o converteu, garantindo o empate heroico.

Lucas Ocampos participou dos 2 gols na vitória do Sevilla no dérbi. (Imagem: Reprodução/Uol)



Na corrida para erguer a taça da La Liga, as vitórias de Barcelona e Real Madrid mantiveram a diferença de 2 pontos entre o 1º e o 2º colocados. O time catalão goleou o Mallorca, fora de casa, por 4x0 e chegou a 61 pontos, com destaque para o atual detentor da Bola de Ouro, Lionel Messi. Logo com 65 segundos de jogo, o chileno Arturo Vidal recebeu cruzamento de Jordi Alba e cabeceou pra baixo, superando o goleiro Manolo Reina e abrindo o placar para o líder do campeonato. Ainda na primeira etapa, Messi deu um toque de cabeça na bola e encontrou Martin Braithwaite, que apenas precisou empurrar a rendonda para as redes. Aos 34 minutos do 2º tempo, o capitão do Barcelona deu mais uma assistência, dessa vez para Jordi Alba: em um lindo lançamento nas costas da zaga adversária, encontrou o lateral-esquerdo sozinho, que só teve o trabalho de ajeitar e tirar do goleiro. Já nos acréscimos, Luis Suárez, que não jogava desde a derrota para o Atlético de Madrid na Supercopa da Espanha no dia 9 de janeiro deste ano, passou para o craque argentino, que foi levando como quis pela área do Mallorca até encontrar o espaço que precisava e emendar com a perna direita para o gol, fechando o placar. O jogo ainda ficou marcado pela invasão de um torcedor, que mesmo sem torcida no estádio conseguiu entrar no intuito de tirar uma foto com Lionel Messi. Ele afirmou que conseguiu o que queria, mas a polícia o mandou apagar a imagem.

Caneta, chapéu, gol e assistências: essa foi a volta de Lionel Messi. (Imagem: Reprodução/Buenos Aires Times)



Já a equipe merengue, embora não tenha encantado como o rival, conseguiu os 3 pontos para permanecer na luta pelo título. O maior campeão da história do Espanhol recebeu o Eibar, em partida marcada pela volta de Eden Hazard à lista de relacionados após lesão, e precisou apenas do 1º tempo para garantir o placar. Com apenas 4 minutos de jogo, a zaga adversária tentou afastar a bola de sua área, mas a bola sobrou nos pés de Toni Kroos, que acertou um belo chute, no ângulo e sem chances para o arqueiro Marko Dmitrovic, abrindo o placar. Aos 30, Karim Benzema enxergou a entrada de Hazard na área e deu grande passe para o belga, que tocou para o zagueiro Sérgio Ramos na saída do goleiro e o espanhol só precisou botar a bola para dentro do gol, em um típico "gol de videogame". Logo depois, aos 37, novamente a zaga do Eibar foi tentar afastar o perigo e entregou a bola nos pés do brasileiro Marcelo dentro da área; o lateral-esquerdo teve todo o espaço para soltar uma bomba cruzada e anotar o terceiro gol madrilenho. Na comemoração, ainda ajoelhou em gesto contra o racismo. Na segunda etapa, os visitantes tiveram as melhores chances, mas pararam na trave e no goleiro Courtois. Aos 15 minutos, o zagueiro Pedro Bigas ainda descontou em um gol de sorte, mas não foi suficiente para mudar o resultado: o Real Madrid venceu por 3x1 e segue competindo com o Barcelona e, segundo o técnico Zinedine Zidane, o clube irá encarar as últimas 11 rodadas como 11 finais, exaltando o espírito competitivo da equipe. Vale lembrar que o Real Madrid tem a vantagem em caso de empate no número de pontos, já que levou a melhor no confronto direto entre as equipes (empate em 0x0 no Camp Nou e vitória por 2x0 no Santiago Bernabéu).

Real Madrid, mesmo que irregular, consegue mais 3 pontos. (Imagem: Reprodução/Metrópoles)



No jogo entre o terceiro e o quarto maior vencedor da La Liga, o Athletic Bilbao recebeu o Atlético de Madrid, no estádio San Mamés. Em um jogo morno e sem brilho, o empate só não permaneceu no placar por apenas 2 minutos, que foi o intervalo entre os gols no 1x1. O resultado foi ruim para ambas as equipes, já que o clube basco, 10º colocado, se distancia cada vez mais da zona classificatória para competições europeias e o clube colchonero continua fora da próxima edição da UEFA Champions League em sua posição atual (6º). Aos 37 minutos do 1º tempo, Iñaki Williams fez bela inversão de jogo e encontrou Yuri Berchiche; o lateral-esquerdo cruzou rasteiro, Iker Muniain pegou de primeira e marcou um bonito gol, abrindo o placar para o Bilbao. Mas já aos 39, o Atlético de Madrid recuperou a bola e Koke foi acionado de costas para o gol; o espanhol girou e deixou Diego Costa na cara do gol, que apenas precisou deslocar o goleiro e fazer o gol de empate. Na comemoração, o atacante homenageou a jogadora do clube e da seleção espanhola, Virginia Torrecilla, que foi diagnosticada, no início de maio, com um tumor maligno no cérebro. Ela passou por uma cirurgia para retirar o tumor, que foi realizada com sucesso e a atleta do clube de Madri já iniciou a recuperação para poder voltar aos gramados. O jogo terminou com 1 gol para cada lado e nenhuma das equipes se sobressaiu.

Diego Costa homenageando a jogadora Virginia Torrecilla. (Imagem: Reprodução/The Guardian)



Nos outros 5 jogos que completaram a rodada, a emoção também esteve presente. O Granada recebeu o 5º colocado, Getafe, e, mesmo saindo atrás no placar, buscou a virada com gols de Djené (contra) e Carlos Fernández; David Timor abriu o placar para a equipe visitante. O lanterna, Espanyol, conseguiu 3 pontos importantes na luta contra o rebaixamento. O time da Catalunha recebeu o Alavés e venceu por 2x0, com gols de Bernardo Espinosa e Wu Lei, ambos após a expulsão do goleiro adversário, Fernando Pacheco. O Celta de Vigo continua em situação delicada, sendo o primeiro clube fora da Z-3, apenas 1 ponto à frente do 17º colocado, Mallorca, e 3 do lanterna, Espanyol. Mesmo jogando em casa, o time celta não pontuou na partida contra o Villarreal, já que perdeu por 1x0 com gol de Manu Trigueros nos acréscimos do 2º tempo. Também em péssimas condições, o Leganés chegou a esboçar uma reação com gol do espanhol Oscar, de pênalti, mas não conseguiu evitar a derrota, em casa, para o Real Valladolid por 2x1. Os gols do clube o qual Ronaldo Fenômeno é proprietário foram de Enes Ünal e Rubén Alcaraz. Na partida que fechou a 28ª rodada, a Real Sociedad perdeu a oportunidade de disparar na briga pela vaga na próxima edição da UEFA Champions League ao empatar em 1x1 com o Osasuna, em casa. Adrian abriu o placar, de pênalti, para os visitantes na etapa inicial e Mikel Oyarzabal empatou o jogo aos 16 minutos do 2º tempo, com assistência do brasileiro Willian José.

O chinês Wu Lei, do Espanyol, comemora seu gol na partida contra o Alavés. (Imagem: Reprodução/South China Morning Post)


A bola volta a rolar já nessa segunda-feira (15/06) para dar início à 29ª rodada da La Liga. Com 10 jogos restando para cada time, as corridas para o título, para qualificação em competições europeias e contra o rebaixamento ainda não estão nem perto de serem definidas, mantendo a emoção jogo após jogo no campeonato. Para os fãs do futebol, que só tinham a opção de assistir aos jogos da Bundesliga, até então a única das 5 grandes ligas da Europa que tinha retornado, a volta da Liga das Estrelas auxilia na preservação da paixão mundial pelo esporte.


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo