• tomprribeiro

Trio MSN junto novamente?

Fizemos a seleção dos craques de cada continente


Você já imaginou se as competições entre seleções ganhassem um novo ingrediente? E se houvesse uma competição entre cada continente? Vamos dividir a competição entre os times da África, Europa, Ásia junto com Oceania, América do Sul e formando um só time, América Central e do Norte. A formação utilizada para todas as equipes será um 4-4-2 ofensivo.


Seleção africana


Começando por uma das mais fortes, a seleção africana. Seria uma máquina imparável se não fosse pela imigração constante para a Europa.


No gol, o jovem goleiro André Onana. Com 24 anos, o camaronês é um dos melhores do mundo na posição atuando pelo Ajax, e sendo um dos destaques que levou o time as semifinais da Champions League no ano de 2019, eliminado dramaticamente pelo Tottenham. Mas o titular seria o senegalês Edouard Mendy. O goleiro do Chelsea vem salvando e fazendo lindas defesas em vários jogos da Liga dos Campeões e Premier League. Outro fator é suspensão de 12 meses de Onana por Doping.


Na lateral direita, uma das joias da posição. Achraf Hakimi, que na verdade nasceu em Madrid e foi formado pelos merengues, é filho de imigrantes marroquinos e optou por atuar pela seleção africana. Atualmente, junto com Alexander-Arnold é um dos maiores destaques do mundo na posição atuando na Inter de Milão.


Indo para o miolo de zaga temos um monstro da defesa, Kalidou Koulibaly. O senegalês, capitão do Napoli é um dos melhores zagueiros do mundo, disputado pelos gigantes europeus em toda janela de transferências, seria o xerifão da zaga.


Para atuar ao lado de Koulibaly, o jovem zagueiro do Bayer Leverkusen Edmond Tapsoba. Aos 22 anos, o defensor de Burkina Faso é um dos melhores zagueiros da Bundesliga, já sendo especulado no Barcelona para a próxima janela de transferências.


Na lateral esquerda o argelino Ramy Bensebaini, do Borussia Mönchengladbach. O defensor é uma peça importante da equipe alemã tendo boas atuações na Champions League, com 5 partidas e 2 gols marcados.


A dupla central de meio de campo é formada por Wilfred Ndidi do Leicester e Thomas Partey do Arsenal. Ndidi é nigeriano e um dos melhores volantes do mundo atualmente, é destaque no Leicester e na Premier League. Thomas Partey, também um dos melhores volantes marcadoes do mundo atua pela equipe de Gana.


No meia ofensiva pela esquerda, ninguém menos que Sadio Mané. O senegalês é um dos melhores do mundo, no ataque poderosíssimo do Liverpool. Pela direita, Riyad Mahrez. O argelino, titular da equipe do City, também é capitão de sua seleção e conquistou a Copa Africana de Nações, contra Senegal em 2019. No ataque pela direita o egípcio, o Faraó, Mohamed Salah, também dos Reds, e pela esquerda Aubameyang, do Gabão.

MVP: Mohamed Salah - (110 milhões de euros - segundo o Transfermarkt) - Foto: Getty Images


A seleção europeia:


Com uma lista enorme de excelentes goleiros, a seleção do velho continente começa com o alemão Manuel Neuer. A lenda viva já disputa lugar para ser o melhor da história na posição e continua atuando no mais alto nível no Bayern.


Na lateral direita, o jovem e já considerado o melhor do mundo na posição: Alexander Arnold. O inglês, joia dos Reds, dispensa comentários e toma conta do setor.


Na Zaga, Sergio Ramos e Van Dijk. Apesar da idade (34), Sergio Ramos continua sendo uma peça fundamental no Real e na seleção espanhola. Van Dijk também dispensa comentários, o holandês é peça principal da zaga tanto no Liverpool, quanto na seleção.


Na lateral esquerda, o escocês Andrew Robertson. O lateral foi campeão de tudo com os Reds e divide o posto de melhor do mundo com o canadense Alphonso Davies.


Formando a dupla de meio campistas, o alemão e destaque do Bayern, Joshua Kimmich ao lado do campeão do mundo, Toni Kroos, do Real Madrid. Um campeão da Champions pelo Bayern e outro tetra campeão da europeu e vencedor da Copa do Mundo pela Alemanha.


Na meia ofensiva pela esquerda, temos Kylian Mbappé. É hoje o mais valioso do mundo, o francês que atua pelo PSG já tem uma Copa do Mundo e uma final de Champions com apenas 22 anos. Pela direita o craque belga, Kevin de Bruyne. O meia do Manchester City é hoje, o melhor meio campista do mundo, quando se fala em atacar e criar chances.


No ataque pela direita, o eleito melhor do mundo na última temporada, na qual conquistou tudo que tinha direito com o Bayern: Robert Lewandowski. O polonês pode ser considerado o melhor 9 da atualidade, com Haaland na cola dele. No ataque pela esquerda, o robozão, Cristiano Ronaldo. O português segue com números impressionantes, apesar da idade chegando. Daqui a pouco, Haaland pode ocupar essa vaga. Tá mal de atacante a seleção europeia?

MVP: Kylian Mbappé - (180 milhões de euros - segundo o Transfermarkt) - Foto: Reprodução/Twitter


Seleção Oceania-Ásia:


No gol, Mathew Ryan. O jogador do Brighton está emprestado ao Arsenal, defende a seleção da Austrália, sendo reserva do alemão Bernd Leno nos Gunners.


Na lateral direita o japonês Hiroki Sakai, atua no Olympique de Marselha.


Na zaga o experiente japonês, Makoto Hasebe, do Eintracht Frankfurt e uma jovem promessa japonesa, Takehiro Tomiyasu. Jogador do Bologna, o zagueiro de 21 anos é uma das esperanças de seu país.


Na lateral esquerda, o veterano Yuto Nagatomo. O japonês atua no Olympique Marselha fazendo dupla com Sakai.


O meio de campo é composto por Wataru Endo, japonês volante do Stuttgart, e Ryan Thomas, jogador da Nova Zelândia e do PSV.


O bom setor ofensivo do time é composto por: Daichi Kamada, um dos destaques da seleção japonesa e da equipe do Eintracht Frankfurt na atual temporada. O bom meia atacante de 24 anos pode atuar pelos lados e pelo meio. Na direita a maior promessa do futebol japonês, a joia do Real Madrid, Takefusa Kubo. Com apenas 19 anos o meia direita é uma das maiores promessas do futebol mundial.


A dupla de ataque é formada pelos sul-coreanos, Heung-min Son e Hwang Hee-chan. Son seria o melhor jogador do time e Chan uma boa dupla para o atacante do Tottenham. Além do entrosamento de seleção, o jovem de 24 anos atua no RB Leipzig, e já fez dupla com Haaland no Red Bull Salzburg.

MVP: Heung-min Son - (85 milhões de euros - segundo o Transfermarkt) - Foto: Reuters


Seleção da América do Norte e Central


A seleção da América do Norte e Central, foi a que mais se desenvolveu nos últimos anos. Com raros destaques no passado, hoje é uma seleção promissora.


O goleiro é um dos melhores do mundo, uma lenda na Costa Rica, Keylor Navas tem até filme em sua homenagem. O tricampeão da Champions pelo Real é hoje goleiro do PSG.


Na lateral direita, um jovem talento estadunidense: Sergiño Dest. Titular da equipe do Barcelona aos 20 anos, esse é um dos nomes para ficar de olho.


A dupla de zaga seria formada por David Brooks, zagueiro norte americano que atua pelo Wolfsburg, e o mexicano Edson Álvarez que, apesar de ser volante, já atuou diversas vezes como zagueiro na equipe do Ajax.


A lateral esquerda é de Alphonso Davies. O canadense briga com Robertson para ver qual é o melhor do mundo. Com apenas 20 anos, conquistou a Champions com o Bayern e foi eleito o melhor da última temporada.


Os volantes da equipe são Weston McKennie, da Juventus, e Hector Herrera, do Atlético de Madrid. O jovem norte americano de 22 anos vem recebendo muitas oportunidades de Pirlo na Velha Senhora. O mexicano Hector Herrera, briga por espaço na equipe de Simeone, mas tem muita qualidade no passe e marcação.


O meia esquerda seria Christian Pulisic. O capitão da seleção dos EUA é destaque na equipe do Chelsea e, com apenas 22 anos, tem muito a evoluir. Na ponta direita o jamaicano Leon Bailey, atualmente no Bayer Leverkusen. O atacante de 23 anos é um dos mais rápidos do mundo e destaque da Bundesliga.


A dupla de ataque é formada pelo mexicano Raul Jimenez, do Wolverhampton, e o canadense Jonathan David, de apenas 20 anos, que atua no Lille e é uma das promessas do futebol mundial, impressionando com a força física e explosão.

MVP: Alphonso Davies - (75 milhões de euros - segundo o Transfermarkt) - Foto: Harriet Lander/Getty Images


Seleção Sul-Americana


Por último a seleção Sul-Americana!


Fechando o gol, Alisson Becker do Liverpool. Titular da seleção brasileira, o gaúcho foi eleito o melhor do mundo na última temporada. Nota-se um domínio de goleiros brasileiros na posição. Éderson, Weverton e Neto podem ser considerados os próximos da lista.


Na lateral direita, o colombiano Juan Cuadrado. Apesar de atuar como ala ofensivo na Juventus, seria uma boa opção para a lateral direita, já que é a posição mais carente na América do Sul.


Marquinhos, capitão do PSG e titular da defesa brasileira, lidera a zaga da equipe ao lado de Giménez, uruguaio do Atlético de Madrid, ambos com 26 anos, forma a zaga mais próxima do auge de cada um.


Na lateral esquerda, o brasileiro ex-Athletico Paranaense, Renan Lodi. Atualmente no Atlético de Madrid, Lodi é o presente e futuro da seleção brasileira com 22 anos.


Formando a dupla de meio campistas, Casemiro e Federico Valverde. O brasileiro pode ser considerado ao lado de Kimmich, o melhor volante do mundo, que conta com seu parceiro de time, Real Madrid, nessa seleção. Valverde é a maior promessa uruguaia (22 anos) e é o jogador cotado para substituir Modric nos Galáticos.


Com um ataque entrosado e histórico, Neymar jogaria pela esquerda, Messi na direita e mais avançados, Luis Suárez e Lautaro Martínez.

Os jogadores foram escolhidos com base na fase atual e o potencial de crescimento. Qual a sua seleção favorita?

MVP: Neymar - (128 milhões de euros - segundo o Transfermarkt) - Foto: Lucas Figueiredo/CBF




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

​Nos Acréscimos

  • Instagram - White Circle
  • Spotify

© 2020 todos direitos reservados a Nos Acréscimos. 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now